Seção de atalhos e links de acessibilidade

Prefeitura participa do plantio de árvores do projeto Florestar


Publicado em: 29 de Novembro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Data: 29 de Novembro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Legenda: Alunos da rede municipal, o biólogo Mahal Massavi, militar do Corpo de Bombeiros e a secretária Liamara Rodrigues.
Autor da Foto: SME

O Instituto Cometa em parceria com a Prefeitura de Cáceres, através das Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Turismo, Educação, Infraestrutura  desenvolve o Projeto Florestar, com o objetivo de fomentar a conservação do bioma Pantanal e Cerrado, através de  intervenções  diretas, por meio de produção e plantio de mudas e do estímulo à prática da educação ambiental como ferramenta de conservação e exercício pedagógico.

Na  última quinta-feira (25), mais um evento educativo nomeado de “Florestas do Rio”, teve  como ação principal  o plantio de 800 mudas de espécies nativas do Pantanal em áreas atingidas  por incêndios florestais durante a seca prolongada que afetou a região neste ano de 2021.

A ação contou com o apoio da Empaer, Marinha do Brasil, Polícia Ambiental e Corpo de Bombeiros.

A Empaer faz a semeadura e o cultivo das mudas dando suporte  as ações de preservação ambiental com pesquisa e tecnologia de ponta.

Segundo a secretária municipal de Educação, Liamara Rodrigues, que participou de todo evento, 20 alunos de duas escolas municipais, Duque de Caxias e Tancredo Neves,  participaram do plantio.

Foram plantadas ipê roxo, ipê branco, jacarandá mimoso e aroeira. A população ribeirinha também recebeu mudas.

Para a secretária de Educação, Liamara, o envolvimento dos alunos é muito positivo, pois além deles contribuírem com o reflorestamento eles criam uma cumplicidade com a natureza e a conscientização de se preservar o meio ambiente. “Esse é um momento deles terem o contato direto com a terra no plantio de diversas espécies nativas. Eles estão reflorestando a flora pantaneira e contribuindo com a vida do planeta”, ponderou Liamara.

Já o coordenador do Projeto Florestar, o biólogo  Mahal Massavi, disse  que essas ações são fundamentais para promover a recuperação das matas ciliares no rio Paraguai, além de fomentar o engajamento da comunidade local nas ações de conservação do meio ambiente.

Finalizando a presidente do Instituto Cometa, Rosimari Ribeiro dos Santos, agradeceu a participação de todos e o apoio dos parceiros que garantiram o sucesso do plantio do Projeto Florestar.  

Esdras Crepaldi - CCom