Seção de atalhos e links de acessibilidade

horta comunitária na Casa de Passagem

Prefeitura incentiva horta comunitária na Casa de Passagem


Publicado em: 16 de Setembro de 2021

Autor: Thaís Sabino


Data: 16 de Setembro de 2021

Autor: Thaís Sabino


Legenda: horta comunitária na Casa de Passagem
Autor da Foto: Norival Camargo

 

A Prefeitura de Cáceres, através das Secretarias de Agricultura e Assistência Social, desenvolvem projeto de horta comunitária na Casa de Passagem.

A gerente administrativa da Casa, Lucinete Marques, contou que visualizou o terreno extenso e resolveu sugerir o plantio de uma horta, como terapia ocupacional e também para enriquecer a alimentação, para nós e para outros setores da Prefeitura. “Montei o projeto, solicitei apoio do secretário de Agricultura Wilson Sato e da secretária de Assistência Social, Fabíola Campos e pedi sementes para amigos que foram solícitos em suas doações”, Lucinete finalizou dizendo que também sonha em montar um orquidário.

Fabíola explicou que a Casa de Passagem é um local de acolhimento para indivíduos afastados do núcleo familiar ou em situação de abandono, ameaça ou direitos violados. “A triagem para estar na Casa de Passagem é feita pela equipe multidisciplinar do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), que fará o diagnóstico, analisando a situação de cada indivíduo e realizando o encaminhamento necessário”.

Wilson Sato disse que a Secretária de Agricultura abraçou o projeto e já está ajudando a executar. “Já gradeamos o terreno, vamos ajudar no preparo da terra e nossa equipe dará suporte no que for necessário desde o plantio até a colheita desse alimento”.

A prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias, afirmou que esse era o modelo de gestão que sonhou. “Estamos desenvolvendo uma Gestão humanizada, com o apoio de todos. Os nossos funcionários estão sendo valorizados, respeitados e tendo a oportunidade de desenvolver projetos com o nosso apoio e de colaboradores. Todos saem ganhando com essas ações principalmente o cidadão que precisa das políticas públicas, em especial   os assistidos pela Assistência que em primeiro lugar devem receber o nosso acolhimento. Vamos melhorar os mobiliários da Casa e desenvolver ainda mais ações que tragam dignidade. Obrigada aos servidores valorosos e aos nossos colaboradores privados”, finalizou Eliene. 

 

horta comunitária na Casa de Passagem