Seção de atalhos e links de acessibilidade

Vacinação Juvenil

Prefeitura inicia vacinação de adolescentes de 15 a 17 anos e anuncia faixa etária de 12 a 14 na próxima etapa


Publicado em: 22 de Setembro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Data: 22 de Setembro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Autor da Foto: Norival Camargo

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) iniciou nesta quarta-feira (22), a vacinação contra a covid para adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades.

Segundo a secretária de Saúde, Elis Fernanda de Melo Silva, a ação faz parte da meta de imunizar  o maior número de pessoas possíveis no município de Cáceres. 

Elis informou que jovens dessa faixa etária podem se dirigir a Unemat, a partir de hoje (22/09), e garantir  sua vacinação com doses da Pfizer. “Continuamos firmes no propósito de salvar vidas, de vacinar as pessoas, esse é nosso trabalho e a determinação da prefeita Eliene é  diminuir cada vez mais a transmissão da doença, que aliada  as ações sanitárias, nos ajudam a conter o avanço do coronavírus”, avaliou Elis Fernanda.

A ação tem o aval do Ministério da Saúde, já que  Cáceres tem em estoque aproximadamente  4 mil doses da vacina Pfizer, que possuem um curto prazo para sua utilização.

A secretária disse ainda, que após a vacinação do público de 15 a 17 anos, vai vacinar pré-adolescentes  de 12 a 14 anos.

“Com o retorno das aulas híbridas,  presenciais e remotas, é muito importante que esta clientela esteja vacinada pelo menos em primeira dose. Os professores já foram imunizados”, ponderou Elis Fernanda.

Os adolescentes que comparecerem à Unemat  devem estar acompanhados dos pais ou de um responsável maior de idade e devem portar o CPF, cartão do SUS e um documento com foto ou certidão de nascimento.

A gestora da saúde ainda  salientou  que o esquema vacinal  de pessoas acima de 18 anos segue aberto para a primeira dose e  obedece um calendário, sempre divulgada na mídia,   para a segunda.

Para a prefeita Eliene Liberato Dias, o sucesso da imunização se deve ao cacerense, que na sua grande maioria compareceu para ser vacinado. “Eles entenderam que a vacina salva vidas”, observou Liberato.

A prefeita comemorou o início da vacinação para pré-adolescentes e adolescentes. “É um público em sua grande maioria assintomático e que muitas vezes acaba levando o vírus para casa, vaciná-los é essencial”, ajuizou.

Eliene fez questão de reconhecer o empenho dos profissionais da saúde nas campanhas de vacinação e ao planejamento executado pela prefeitura, seguindo o plano nacional de imunização.

 

Esdras Crepaldi - CCom