Seção de atalhos e links de acessibilidade

Vencedor Categoria Pintura

Prefeita Eliene parabeniza artista Bosquê e reconhece feito pelo prêmio no Salão Jovem Arte


Publicado em: 13 de Outubro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Data: 13 de Outubro de 2021

Autor: Esdras Crepaldi


Legenda: Bosquê e sua obra
Autor da Foto: Assessoria

Considerada a mais tradicional vitrine de artes visuais de Mato Grosso, o 26º Salão Jovem Arte conheceu seus vencedores através de resultado divulgado no último dia 06 de outubro, nas 10 diferentes categorias desta edição, pintura, desenho, ilustração, escultura/objeto tridimensional, fotografia, videoarte, grafite/muralismo, gravura, instalação e performance. 

O artista radicado em Cáceres, Carlos Alberto Bosquê, concorreu na categoria  pintura, com 23 artistas que disputaram o prêmio máximo.

Selecionado com 3 obras no evento,  Bosquê faz reflexões com seu surrealismo em telas de grandes dimensões com o diálogo de imagens.

E,  sua obra “Sobre o colo do altíssimo”, que fala dos conflitos das questões contemporâneas, venceu uma das mais importantes  categorias do Salão Jovem Arte, a de pintura.

Bosquê disse que não esperava  ser premiado em uma categoria tão concorrida, mesmo em uma área que domina e tem formação. “Uma emoção indescritível. Fui selecionado e depois premiado, justamente no dia do aniversário de Cáceres,  levo este prêmio como presente para todos os cacerenses”, comemorou Bosquê.

O cacerense de coração, Bosquê, é graduado em pintura na Faculdade de Belas Artes de São Paulo e Mestre em Educação Profissional Escolar.

Para ele a cátedra do Salão Jovem Arte, dentre outras funções, é revelar. “Presente meu e de todos da cultura pelo Fórum que organizamos e temos mais de 200 integrantes com a ARTEMAT atuante no cenário, para contribuir com a ampliação das representações e nomes no cenário municipal, que tanto exporta e revela artistas, e tem no seu COLO, o altíssimo nível em diversos segmentos, teatro, música, literatura, pintura e turismo com a cultura de visitação no cenário, assim como muitos vão até Paris ver museus e mundos de artistas, aqui em Cáceres podemos oferecer essa riqueza, a valorização do setor de gestão pública com a sociedade organizada, presente que dedico a todos cacerenses este prêmio maior”, destacou.

O diretor geral da exposição híbrida onde os trabalhos vencedores foram divulgados, o cineasta e produtor Luiz Geraldo Marchetti, disse que a arte sempre cumpriu o papel de revelar a sociedade, provocar reflexões sobre ela e convidar para o novo. “Estamos muito felizes com a qualidade das obras que recebemos. E estamos em um momento social crucial. A arte sempre nos salvou e está salvando novamente”, comentou Marchetti.

A prefeita Eliene Liberato Dias, reconheceu a importância do feito do artista cacerense, que tem se destacado com impressionante habilidade nas suas telas sempre tão reflexivas e divulgado seu nome e o do município de Cáceres, sendo um exemplo para novas gerações. “Bosquê ao vencer  a categoria pintura no Salão Jovem Arte, passa a ser mais uma grande referência  das artes plásticas no nosso município, no nosso estado e país. Parabéns continue tendo esta sensibilidade e essa coragem,  que venham muitas obras para o deleite das artes plásticas”, felicitou Eliene.

A prefeita  também parabenizou a artista Rosana Schimitt, que concorreu na categoria instalação artística e teve seu trabalho classificado para a final. " A Rosana é uma artista muito versátil e talentosa. Obrigada por representar Cáceres tão bem", distinguiu Eliene.