Seção de atalhos e links de acessibilidade

Duas escolas municipais terão projeto experimental de Robótica Educacional


Publicado em: 25 de Novembro de 2022

Autor: Esdras Crepaldi


Data: 25 de Novembro de 2022

Autor: Esdras Crepaldi


Autor da Foto: Ronivon Barros

A Prefeitura de Cáceres, através da Secretaria Municipal de Educação - SME,  está implantando experimentalmente nas escolas municipais Isabel Campos e Santos Dumont o Projeto Robótica Educacional para ser desenvolvido com os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental das referidas escolas.

Para a implantação do projeto,  tanto os professores dos anos iniciais - 1º ao 5º ano - dessas escolas, estão participando de uma capacitação inicial, que tem como objetivo preparar esses docentes para a inserção e desenvolvimento da Robótica Educacional na sala.

A qualificação acontece no período de 21 a 28 de novembro no auditório da SME e é ministrada pelo  formador Thalles de Albuquerque Araújo, representante da Innova Educação, empresa responsável pelo material adquirido.

Segundo o secretário de Educação Fransérgio Rojas Piovesan, a proposta educacional da Robótica possibilita que os professores desenvolvam com seus alunos, atividades que versem sobre o emprego de técnicas de manipulação de protótipos para criar dispositivos que, alinhadas às competências e habilidades normatizadas pela Base Nacional Comum Curricular, proporcionarão um aprendizado atrativo, lúdico e significativo aos alunos em todas as do conhecimento.

Fransérgio destacou o empenho da prefeita Eliene Liberato Dias em adquirir kits inicialmente para estas duas escolas.

Já a professora Roseli Nascimento Moreira, técnica da SME, que acompanha a implantação do projeto, observou que o ensino de programação e robótica também influencia, auxilia e melhora o aprendizado de matérias de ciências humanas, além de melhorar a escrita. “Uma vez que o aluno aprende a organizar melhor suas ideias e pensamentos, ele consegue estruturar com mais facilidade o texto a ser escrito, e isso é fundamental no processo ensino aprendizagem”, avaliou Roseli.  

Ela destacou que a robótica educacional leva o aluno a organizar pensamentos e decisões diante dos desafios de projetos de criação e desenvolvimento. “A partir disso, sua capacidade de organização tende a melhorar de uma maneira geral. Planejar tarefas, administrar bem o tempo,  inclusive seu método de estudo fica mais proveitoso”, ponderou a técnica.

A prefeita Eliene Liberato Dias assinalou a importância do uso e aplicação de novas tecnologias no ambiente escolar.

“A Robótica Educacional tem foco nos benefícios para o aprendizado dos alunos, como melhora do raciocínio, aperfeiçoamento das habilidades e desenvolvimento da criatividade. Também é uma  oportunidade de preparar nossos  estudantes para o  futuro, por isso estamos desenvolvendo este projeto piloto em duas escolas e temos a intenção de ampliá-lo para outras unidades”, concluiu Eliene.

Esdras Crepaldi