Seção de atalhos e links de acessibilidade

13 empreendimentos participam desta edição

CIRCUITO GASTRONÔMICO A hora e a vez de Cáceres mostrar suas delícias


Publicado em: 23 de Novembro de 2022

Autor: Assessoria de Imprensa Sebrae MT – Rita Comini


Data: 23 de Novembro de 2022

Autor: Assessoria de Imprensa Sebrae MT – Rita Comini


Legenda: Os bolos são destaque das preparações do Circuito Gastronômico de Cáceres
Autor da Foto: Márcio Ishizuka

Em Cáceres como em Cuiabá e em várias outras cidades do Estado, as mangas e os cajus reinam absolutos nesta época do ano. Mangueiras carregadas estão por toda parte com frutos que vão do amarelo ao rosado em tonalidades múltiplas, formas e tamanhos. Da mesma forma os cajueiros com seus frutos de formato único e abundância de caldo com sabor marcante.

A região pantaneira às margens do rio Paraguai é pródiga em diversas frutas, frutos e inúmeros outros produtos in natura e já preparados que se transformam em preparações únicas no Circuito Gastronômico de Cáceres .

O evento chega ao seu ápice nesta sexta e sábado, 25 e 26/11, das 17h30 às 21h30, quando ocupa a praça Barão do Rio Branco com suas delícias para que mais pessoas possam provar e saborear os pratos criados especialmente para o Circuito. Além disso, a gastronomia foi conectada com a economia criativa e haverá artesãos, artistas plásticos expondo suas telas e muitas atrações culturais.

Organizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso (Sebrae MT) e prefeitura municipal de Cáceres, o evento é uma das muitas ações do Programa Pró-Pantanal, feito em parceria com o Sebrae MS visando o desenvolvimento sustentável do bioma através do incremento dos micro e pequenos negócios.

Drielly Sena Serra, da Agência Sebrae Cáceres, reforça que o Circuito Gastronômico de Cáceres tem uma grande importância para o desenvolvimento da gastronomia considerando que ela faz parte do eixo do turismo. Ela destaca está sendo feito um trabalho não só de desenvolvimento de pratos, mas de boas práticas, redução de desperdício na cozinha, gestão de cardápio, tudo para tornar o setor ainda mais profissional, trazer uma nova visão para esses empresários.

“Nós acreditamos que essa nova abordagem pode alavancar muito as vendas, trazer diferenciais para esses empresários e fazer com que eles vendam ainda mais”.

Como nos demais municípios onde o Circuito Gastronômico aconteceu, em Cáceres as preparações foram criadas durante consultoria com o chef de cozinha Marcelo Cotrim, conhecido por valorizar os produtos regionais e colocá-los em um outro patamar ao compor pratos completamente inovadores.

“É incrível trabalhar com nossos ingredientes, valorizar e mostrar para as pessoas que eles são muito importantes e muito valiosos, especialmente para a manutenção da nossa cultura. Fico muito orgulhoso realizar esse tipo de trabalho”, ressalta.

E acrescenta que esse trabalho engrandece muito sua carreira e seu portfólio. “Essa troca é incrível e a gente, além de trabalhar, começa a construir amigos. É muito gratificante”, constata.

Nesta edição do Circuito Gastronômico participaram várias empresas que trabalham com doces, sem falar nos meios de hospedagem que oferecem café da manhã aos turistas que frequentam o município. Assim há uma abundância de bolos e doces, diferente das edições anteriores, realizadas em Poconé, Barão de Melgaço e Santo Antônio do Leverger. Em Cáceres, dos 25 empreendimentos, nove foram na direção das doçuras.

E é aí que as mangas, cajus, bananas, cumbaru, pequi e outras frutas e frutos entram em cena na preparação de bolos, doces, salgados, lanches.