Com mudança Pronto Atendimento registra mais de 2000 encaminhamentos de pacientes para unidades de saúde dos bairros

Publicada em 19/02/2018 10:52:28 - Visualizada 686 vezes

Nos últimos 60 dias o Pronto Atendimento Médico registrou mais cerca 2000 encaminhamentos de pacientes, que não estavam em situação de emergência para as unidades de saúde dos bairros. Para o secretário de Saúde, Roger Alessandro, esses números são positivos. “Com a mudança do atendimento do PAM para apenas urgência e emergência, nós precisamos que a população utilize mais as unidades de saúde, desta forma diminuiremos o tempo de espera dos pacientes do pronto atendimento”.

Muitas vezes, os pacientes buscam o Pronto Atendimento Médico (PAM) para tratar desconfortos leves ou que existem há semanas e até meses. Nesse caso, o usuário não receberá tratamento adequado para essa situação, uma vez que, no Pronto Atendimento Médico, a consulta é breve e apenas os sintomas são medicados para posterior tratamento mais adequado. 

Além disso, situações como essa, podem sobrecarregar o sistema, prejudicando o atendimento de pessoas que estejam com risco de morte. Nem sempre é fácil diferenciar o que são atendimentos de urgência, emergência e o que são procedimentos eletivos. Para facilitar o entendimento, veja a seguir as definições de cada um:

Emergência – Casos em que há ameaça iminente à vida, sofrimento intenso ou risco de lesão permanente, havendo necessidade de tratamento médico imediato;

Urgência – Situação que requer assistência rápida, no menor tempo possível, a fim de evitar complicações e sofrimento;

Procedimento eletivo – Procedimentos médicos que são programados, ou seja, não são considerados de urgência e emergência.   

 

Diferencie casos de urgência e emergência (PAM)

 

Trauma grave / fraturas / perfurações / acidentes de transito

Pressão muito baixa

Batimentos do coração acelerado, irregular ou lento

Alteração no estado de consciência

Distúrbios psiquiátricos

Dor no peito

Crianças com febre alta e com vômitos

Picadas e acidentes com animais peçonhentos

Dor repentina e forte no abdômen

Dificuldade de respirar e reação alérgica respiratória

Queimaduras

Sangramentos do trato digestivo alto (da boca) ou baixo (anal ou intestinal) 

Pressão alta, sintomas: tontura, visão embaçada, dor de cabeça e dor na nuca 

Diabetes, sintomas: sede intensa,urina em excesso e coceira no corpo, e podem se manifestar em qualquer idade 

Desidratação, sintomas: aumento da temperatura corporal, taquicardia, diminuição de peso, pele seca e inflexível, boca seca e moleza.

Convulsão, sintomas: perder a consciência, seguida por confusão. Ter espasmos musculares incontroláveis. Babar ou espumar pela boca. Cair. Ficar com um gosto estranho na boca. Cerrar os dentes. Morder a língua, que pode sangrar. Ter movimentos oculares rápidos e súbitos. 

AVC (Acidente Vascular Cerebral), sintomas: fraqueza nos membros, paralisia facial, dificuldade de falar ou falar repetitivamente, crise de convulsão, dificuldade de andar, confusão mental, coma. 

Parada cardíaca, sintomas: dor forte no peito, abdômen ou nas costas que não passa, falta de ar ou dificuldade em respirar, dificuldade em falar de forma clara, formigamento no braço esquerdo, palidez e cansaço excessivo, náuseas e tonturas frequentes, suores frios.   Intoxicação devido inalação de substâncias químicas 

Tentativa de suicídio 

Abstinência grave de álcool e drogas 

Vítimas de abusos sexuais 

Ferimentos que requerem sutura


Por CCOM com informações do site Cáceres Notícias


Prefeitura Municipal de Cáceres - MT
Telefone: (65) 3223-1500

Fale com a Prefeitura de Cáceres - MT


Coordenação de Comunicação
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana
Cáceres - MT, CEP 78200-000
T: (65) 3223-1500
E-Mail
imprensaprefeituradecaceres@gmail.com

Siga-nos!


     

Desenvolvimento:


CTI - Coordenação de TI