Praça Barão do Rio Branco

Publicada em 05/07/2017 10:44:30 - Visualizada 2274 vezes

  • praça barão do rio branco

    Foto por: Ronivon Barros
     

Imagem de

O historiador Natalino Ferreira Mendes conta em seus livros que as razões para fundação do povoado Vila-Maria do Paraguai em meados do século passado,  foi a necessidade de defesa e incremento da fronteira sudoeste de Mato Grosso, a comunicação entre Vila Bela da Santíssima Trindade e Cuiabá e, pelo rio Paraguai, com a capitania de São Paulo, e a fertilidade do solo no local, com abundantes recursos hídricos.

No início, o povoado não passava de uma aldeia, centrada em torno da igrejinha de São Luiz de França. 

A Vila Maria de Cáceres experimentou o progresso, e 1938, o município passou a se chamar apenas Cáceres. 

Em 19 de novembro de 1936, inaugura-se o primeiro jardim público na Praça Barão do Rio Branco, antigo largo da Matriz, idealizado pelo Major PM e Delegado de Polícia Oswaldo Cícero de Sá.

O ato festivo realizou-se às 5 horas da tarde diante de numerosa assistência, na qual se destacavam famílias, autoridades locais e ilustres cavaleiros.

O primeiro a usar a palavra foi o Major Oswaldo Cicero de Sá, fazendo a entrega do jardim para a Prefeitura na pessoa do Sr. Manoel Francisco F. Cuiabano, atual detentor do cargo de prefeito municipal.

Em seu nome respondeu o Farmacêutico Sr. Dormevil M. da Costa e Faria aceitando a entrega e prometendo zelar com carinho e engrandecer o logradouro público à medida que o município dispuser de recursos.

Também fez uso da palavra o Dr. Leopoldo Ambrósio Filho, por si, a pedido do Cel. Bertholdo.

Esta praça foi construída com a colaboração da comunidade cacerense, entre os cultivadores resultou sempre um jardim florido e bem tratado, seus canteiros com muitas minudência e riqueza de detalhes, o qual tem como um de seus adornos o mais nobre Marco do Jauru. Um monumento histórico, feito em Lisboa, de pedra de lioz, em comemoração ao Tratado de Madri, subscrito pelos reis de Espanha e Portugal, a 13 de janeiro de 1750 e fincado ao sul da barra do Jauru a 17 de janeiro de 1754.  O marco foi trazido desmontado ao Brasil, sendo montado e plantado à margem do rio Jauru, em 18 de janeiro de 1754 pelo 1º Governador e Capitão-General da Capitania de Mato Grosso, Dom Antônio Rolim de Moura Tavares.

Até hoje, está no centro da praça, o obelisco comemorativo da fundação da Praça Barão do Rio Branco, onde se lê: ao Major Oswaldo Cícero de Sá, idealizador deste jardim, em homenagem ao povo cacerense.

 

 


Por Ascom/Thais Sabino


Prefeitura Municipal de Cáceres - MT
Telefone: (65) 3223-1500

Fale com a Prefeitura de Cáceres - MT


Coordenação de Comunicação
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana
Cáceres - MT, CEP 78200-000
T: (65) 3223-1500
E-Mail
imprensaprefeituradecaceres@gmail.com

Siga-nos!


     

Desenvolvimento:


CTI - Coordenação de TI