Turismo em Cáceres


A Princesinha do Paraguai, como Cáceres é conhecida atinge seus 229 anos de fundação com muitos aspectos positivos para o turismo. A cidade foi escolhida como um dos municípios brasileiros Indutores do Turismo, que fazem parte do Plano Nacional do Turismo 2007-2010, visando o desenvolvimento do turismo em Cáceres e na região.

Juntamente aos atrativos naturais como o Pantanal com o Rio Paraguai, a Dolina Água Milagrosa e as várias cachoeiras do município, o turismo de pesca esportiva tem atraído muitos visitantes para Cáceres, principalmente em sua festa maior, o Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres, que atrai um público circulante de 250 mil pessoas.

Mas, Cáceres não é só pescaria e atrativos naturais, a cidade tem um turismo histórico bastante interessante fazendo parte dele o casario secular do centro histórico, as fazendas centenárias e os sítios arqueológicos da região.

Para completar esta ótima fase do turismo cacerense, a consolidação de Cáceres como centro para a realização de eventos tem se destacado de forma surpreendente. É o chamado Turismo de Negócios. A cidade, que tem localização privilegiada e conta com boa infra-estrutura para eventos, tem sido local escolhido por grandes empresas para a realização de seus eventos. Reflexo disso é a lotação de quase 100% dos hotéis em Cáceres nos dias úteis.

ÁREAS PARA DESCANSO E LAZER (Urbano e Rural)

  • Balneário “Ponta do Morro” Peraputanga a 21 km, MT 343 Barra do Bugre (Rural).
  • Balneário “Baia da Caiçara” a 16 km, BR 070 Rodovia p/ Bolívia (Rural).
  • Pça Barrão do Rio Branco e o Cais do Porto. Por do Sol
  • Pça Major João Carlos, Avenida Padre Cassimiro com a Cel, José Dulce (Urbano).
  • Pça Duque de Caxias, Cmt. Balduino com Avenida Tiradentes e Cel. Farias (Urbano).
  • Pça Avenida 7 de Setembro, Policia Militar (Urbano).
  • Inúmeras Chácaras, Hotéis e Pousadas à Beira do rio Paraguai com suas lindas praias para descanso e lazer (Área Urbana e Rural).

ÁREAS PARA PRÁTICA DE MONTANHISMO

  • Ponta do Morro do Quilombo Acesso pela Dolina Água Milagrosa 25 Km MT 343 B.Bugres
  • Morro da Faz. Facão, a 12 km BR. 364 para Cuiabá.
  • Morro da Dolina Água milagrosa a 23 km MT 343 para Barra do Bugre
  • Morro do Boi Morto Faz. Jacobina 26 Km BR 364 para Cuiabá.
  • Outras Áreas em fase de reconhecimento e cadastramento.

TRILHAS PARA CAMINHADA RÚSTICA

  • Trilha do “Novateiro” morro da Faz. Facão a 12 km BR 364 para Cuiabá.
  • Trilha do Balneário “Ponta do Morro” a 21 km MT 343 para Barra do Bugre
  • Trilha da Dolina “Água Milagrosa” a 23 km MT 343 Córrego das Peraputanga para Barra do Bugre.

CACHOEIRAS

  • Da Peraputanga a 16  km MT 343 para Barra do Bugre
  • Da Faz. Facão a 12 Km BR 364 para Cuiabá
  • Da Faz. Primavera a 20 Km BR 364 estrada Velha para Cuiabá (Particular)lab. pesquisa

PRAIAS PARA BANHOS, PESCARIA E ACAPAMENTOS (PRINCIPAIS)

  • Praia do “Daveron” (banho), acesso pela SEMATUR centro da cidade.
  • Praia do “Julião” (banho, acampamento e pescaria). Acesso pela BR 070 km 05 ou pelo Rio acima + ou - 5min. de barco.
  • Praia da “Chimbuva” (banho, acampamento e pescaria). Acesso pelo Rio acima + ou - 30 min, de barco.
  • Praia da “Baia da Palha” (banho, acampamento e pescaria). Acesso pelo Rio abaixo + ou - 15min, de barco.
  • Praia do “Renato” (banho, acampamento e pescaria). Acesso pelo Rio abaixo + ou - 30min, de Barco.
  • Inúmeras Praias, rio abaixo e rio acima,  para todos os gostos, enamorados e apaixonados pela natureza.

GRUTAS E CAVERNAS (Acesso controlado, ver SEMATUR E UNEMAT)

  • Gruta e Caverna “Dolina Água Milagrosa”. Acesso MT 343 para Barra do Bugre 12km, +  estrada vicinal 10km. (Liberada pelo IBAMA para mergulho e observação).
  • Cavernas  “Complexo da Faz. Facão”. Acesso BR 364 12 Km estrada velha para Cuiabá.
  • Cavernas: “Pita Canudo e Barreiro Preto”, Complexo da morraria da Peraputanga. Acesso MT 343 para Barra do Bugre 16 km +ou - estrada Vicinal 14km.
  • Várias outras em fase de reconhecimento e cadastramento.

PATRIMÔNIO NATURAL

  • Pantanal/ Rio Paraguai e seus afluentes: Rio Sepotuba, Rio Cabaçal e Rio Jaurú na Região de Cáceres -MT. Acesso por Rodovias e estradas vicinais, pôr meios Hidroviários, através de Barcos e Chalanas.
  • Reserva “Ecológica Taiamâ” considerado Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela UNESCO, viveiro natural do Pantanal com 11.200 km2 de extensão territorial a 170 km rio abaixo.

MONUMENTOS HISTÓRICOS

  • Marco do Jaurú “Tratado de Madri”, divisor de terras entre Portugal e Espanha, foi assentado na foz do Rio Jaurú a margem direita em 18 de janeiro de 1754 e transladado para Cáceres e 02 de Fevereiro de 1883, assentado na frente da Igreja Matriz São Luiz (de estilo Neogótico), Pça Barrão do Rio Branco, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

CENTRO HISTÓRICO DE CÁCERES

  • É composta por um conjunto de bens e imóveis de Arquitetura majestosa do século XVIII, destacando entre os estilos: Colonial e Neoclássico na maioria dos Casarões (antigos), encontra-se resquícios do Neogótico, ArtDecô e Eclético representado em suas fachadas, frontões e beirais. Tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, protegido pela CEPTH Comissão Especial de Preservação e Tombamento Histórico.
  • Compõe a área do Centro Histórico as  seguintes ruas com suas intercessões: Cel. José Dulce até a Cel. Faria até a Quintino Bocaiúva (antiga rua da Manga), até a General Osório Até a 13 de junho seguindo por esta até a Padre Cassimiro fechando com a Cel. José Dulce. (Sugiro que faça um Roteiro, City Tour).
  • Esta, situada nessa área o Museu Histórico de Cáceres, com suas salas representativas que retrata a Cultura e a Historia do povo Pantaneiro e a Sala de Arqueologia. Para visitações de 2º a 6º Feiras das 7:00 às 18:00Hs. Também esta  localizado a Biblioteca Publica Municipal, Arquivo Publico Municipal e o centro Municipal de Cultura.

FAZENDAS HISTÓRICAS

  • Fazenda Jacobina, no passado foi a Célula-Mater de Cáceres (Vila Maria), pois era a mais rica fazenda da Província, dos Coronéis, dos Escravos e de Sabino Vieira, da Guerra das Sabinadas que ali ficou exilado, hoje um marco Histórico com seus Casarões de estilo Colonial do século XVIII, hoje tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, propicia p/ o Turismo Rural.
  • Fazenda Facão, no passado Indústria de produtos derivados da Cana de Açúcar em especial a aguardente e o açúcar e todos os cereais, inclusive a farinha de mandioca muito consumida pelos pantaneiros e chikitanos, hoje com suas Historias, Lendas, Sítios Arqueológicos, Grutas, Cavernas, Trilhas, Ecoturismo e Cachoeira com água de bica.
  • Fazenda Ressaca, no passado Industria Açucareira e  Aguardente de grande produção anual, na média de 180.500 Kg., de Açúcar e 90.000 litros de aguardente (cachaça), possuía também uma Fabrica de Farinha de mandioca e uma Fundição de Bronze. Às margens do Rio Paraguai possuía um excelente Porto de embarque e desembarque para os navios a vapores, um marco histórico regional com suas Monumentais construções de Arquitetura Colonial, suas estórias e Sítios Arqueológicos das antigas civilizações indígenas do Pantanal (Índios Guatós),  hoje um grande produtor da pecuária de corte.
  • Fazenda Barranco Vermelho, com Arquitetura (eclética) imponente e majestosa da década de 30 a margem esquerda do Rio Paraguai, antiga Indústria Saladeira, ou seja, Charqueada (fardos de carne seca). Hoje a serviço da História, berço das antigas civilizações indígenas em seus Sítios Arqueológicos e funcionando como uma pousada para Turismo, com belíssimas paisagens naturais, Fauna e Flora exuberante, local ideal para a pratica da Pesca Esportiva (Pesque Solte), com Pousada turística.
  • Fazenda Descalvados, no passado uma grande “Fabrica que distribuía fumaça na Planície Pantaneira”, Indústria que extraia produtos derivados da carne bovina, organizada por uma Companhia Belga denominado de “Produits Cibilis” que era exportada para os Hospitais da Bélgica. Possuía um rebanho de “Gado Vacum” estimado em 300 mil cabeças. Teve o primeiro CEP e sistema de Correios e Telégrafos, com mais de 200 famílias ali residindo, com um Porto para embarque e desembarque, para os navios a vapores. Hoje a serviço da História, da Arqueologia, do Meio Ambiente e diversas modalidades do Turismo, com suas belas construções de Arquitetura Colonial, majestosa em Pleno Pantanal, Tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, hoje uma Pousada a serviço do Turismo.

ESPORTES AQUÁTICOS

  • Os principais pontos são as Baias que formam os grandes lagos próximos à cidade de excelente qualidade para a prática de esportes como: Canoagem, Ski, Jet Ski, Natação e outros...

PESCA ESPORTIVA

  • Alguns dos principais pontos pesqueiros no Rio Paraguai para a prática da Pesca Esportiva(Pesque Solte):
  • Barra do Sepotuba, rio acima + ou – 01h00minhs de Barco dependendo do HP do motor.
  • Barra do Rio Jaurú, rio abaixo +ou – 01h30minhs de Barco (ver HP do motor).
  • Morro Pelado, rio abaixo + ou – 02h00minhs de Barco (ver HP do motor).
  • Uma variedade de lugares exuberantes para a prática do Turismo contemplativos, como as Baías, Coríxos e Lagoas, com seus Aguapés, Vitórias Regias, recanto nobre dos viveiros de peixes, ninhais de aves, descanso dos jacarés e capivaras, as áreas citadas tem acesso possibilitados através de roteiros programados e contatos antecipados com os Guias de Turismo e Agencias.

Aos turistas visitantes e comunidade local, vale alertar que: “Na natureza na se tira, a não ser fotografias, nada se leva, a não serem lembranças e nada se deixa, anão ser passos em algum lugar”. Lembre-se que nos seres humanos já poluímos o Planeta com a nossa própria respiração, então vamos cuidar do Meio Ambiente, cada um fazendo a sua parte a natureza agradece...!(Claudionor Guia de Turismo).

Obs.: Guia de Turismo é um Profissional credenciado pelo Ministério do Turismo (tem que portar o Crachá de identificação), sem a referida identificação é crime, denuncie.

Informações Turísticas exclusivas (Direitos Reservados), citar a fonte de pesquisa: Claudionor Duarte Corrêa (Pres. da Ass. dos Profissionais Autônomos de Turismo - ASPATUR) 1º Secretário do COMTUR - Guia de Turismo Regional - Min. Turismo n°13.002935.96-9 – Cel. 065 9228-4871 Email-claudio_guiatur@hotmail.com - Especialidade - Safári Fotográfico, City Tour Histórico /Cultural, Ecoturismo, Trilhas, Cavernas e Pesca Esportiva (Personal Fishing).

Prefeitura Municipal de Cáceres - MT
Telefone: (65) 3223-1500

Fale com a Prefeitura de Cáceres - MT


Coordenação de Comunicação
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana
Cáceres - MT, CEP 78200-000
T: (65) 3223-1500
E-Mail
imprensaprefeituradecaceres@gmail.com

Siga-nos!


     

Desenvolvimento:


CTI - Coordenação de TI